Por um lado esquerdo tenho tido longos anos a mexer minha orelha que a Marinha de Guerra Portuguesa com um médico militar faz comentário de ordem mental pois tenho quarenta e um anos há muitos anos que estou nesta situação a espera de uma cura que fui puxado com telemóveis por ordem de um juiz na veia de morte uma filha linha a violência de programar cancro do pulmão no que é veia opala antena testículo atómica ao sol legislação médica judicial esquerdo planta invertida e destruída do circuito de meu filho de geral Portugal quer me abater fazer-me inferior e recear o que me fabricaram para me desviar das mulheres ovário luz vida sistema escudo que médicos psiquiátricas no hospital desta cidade decidiu arrancar minha molécula pelo neutrão veia vida substancia conjugal, sou assim se subir uma mulher esta linha de veia puxada na natureza que uma cura corpo mutuo volume retome a matéria integra da minha massa cósmica de raio vital e estrutura opala veia raiz antena genética, mas não há lei para me defender e fui excluído de real estabelecer justiça meu trabalho escrito o que mais aqui expor de que o militar médico nega que exista minha justificação de viver perante crime e tudo mais uma operativa oculta negligenciar sem eu saber quando se ajusta então de que estou lesado, tenho sido roubado sem nunca de justiça acabar como fui puxado da esquerda a confeção gestação judiciaria que ignora minha vida como mesmo me sujeito a suportar ataques que me fazem ainda hoje de esquizofrénico no código civil e sociedade animalista que estou isolado despromovido de aspirar ser artista livre configurado ao Estado de sanidade e finanças de que Reis Marques se nega também denunciar que cura exista a que conceito meu oral esquerda orbita viver aqui reformular qual tribunal iliba meu calibre funcionário a um equilibrismo operativo da rutura cilindros verba interna radiação visual par legal sanidade juiz!

Posted in Sem categoria | Leave a comment
Meu médico militar sabe se o que me puxou juiz da veia volta ao lugar, e que mais eu tenho que mexer a orelha que um ovário atómica configuração genética luz substanciar volume corpo intacto linha o raio vital esquerdo opala do cilindro uma mulher que exista geometria atómica da rutura que planta ao tempo de viver evolui escudo sistema?

Acho que não e café São José vai sempre do me lado esquerdo exercer o Sérgio e Angola tudo de violência que levei no corpo anular minha liberdade orbita sexual binário quadrante que nenhuma mulher par um hospital psiquiátrico justifique que me curo como um médico militar faz juiz da veia neto calibrar justiça vida consumo médico consulta esquizofrénico feito por pai e mãe justiça toda a vida publica desta zona urbana comercio costume eu tenha sido antes de me puxarem a linha integro!

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Follow my operation an negligence from Portuguese Navy provide me true judicial presentations, complement me an need of ovary geometry energy in my body pulled with cellphone from an vein shield my military medic fail in person what woman compose my atomic testicle antenna opal plant direct what structural operatic maneuver my left side equal mutual construction cylinder surface, that direct in my room I stand look television but his law never absolute what conclude the fit on life natural combinations what substantial integral orbital oral line the direct side I’m penalized by society and commerce criminal vandalism it take now ten years of suffer in operatic field, so I need your agency provide me power of establish my molecular sun direct consume what relative I construe constituency for my son that my parents don’t recognize domestic with my brother the right of an girlfriend cure, so is long my work what cosmic and more genetic energy bring the factual drive I point structure in woman ovary opal antenna vein the part I’m pulled so I need you instruct automatic my metabolism function complement architecture even body and mutual conjugal fecundation what judge here had invalid my life be legal beside criminal issues that today are an shame in isolate me and infract confection shield what more maneuver so the connections sun display laboratory order and many military regulations that psychiatric medics corrupt my son natural cylinder opal antenna vein lung cancer breed jurisdiction galactic consort and defense terrain fence conclusive born status.

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Mexer na orelha como médico militar da Marinha de Guerra Portuguesa faz então uma operação que não existe minha vida nenhum valido verdadeiro caso, sou então por atómica linha esquerda da veia opala antena genética incapaz de respirar meu corpo no sistema que o hospital psiquiátrico me considera esquizofrénico, e vivo aqui neste prédio como merda e ainda na rua como mais merda ainda, então o que vale a mim culpar o juiz da veia do crime que fui puxado por telemóveis e levei com violência tratamento de insignificância o que sou, mais nada mexer a orelha esquerda e ficar imóvel qualquer outra convenção e continuar acreditar no médico militar que me vai curar tendo nenhum cuidado nem recurso viver conforme sou molestado e torturado a ser estrangulado.

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Sem título

Uma vida que o passado tinha lado a lado ombros casa mas juiz da veia precisa que um médico militar da Marinha de Guerra Portuguesa o culpa do que esse lado que fui puxado nunca chegue a nenhum lado em projetos amigo cura sistema voz que existe trabalho capaz de provar a vida linha lógica do pensamento liberto um crime?

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Não posso ser gente e tenho que deixar o médico militar e o Horácio vamos a Zulmira Santos pai que a segurança social invalidez é para sempre que vou tomar conta de tudo mas juiz da veia Sérgio e Angola não existe e eu a mexer na orelha ainda tenho que tomar medicação para me curar da esquizofrenia nesta linha que sou mesmo um porco a levar na tromba e sou burro claro está que é assim a ordem de vida!

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Sem título

Doing my best but invalid what more understand Portuguese Navy judge vein antenna opal ovary cure, an life living in this city no woman exist what more is my work home and along public factor, what got top model connect me and give perspective believe that an process can devolve what I’m left side out of line and more evacuated what profession attribute Internet justice, on more of what plant energy resume my ear left side nothing in system become valid inform what live for, and so defeat what move all that my connections stand respond an Portuguese Navy end off of living, so no future just an resident blame what my military medic close me doing respective operating with no solution what more crime developed in pull me the left side attribute of living.

Posted in Sem categoria | Leave a comment