On doing operation with Portuguese Navy what women left side ovary enter the effective opal antenna testicle judge vein commerce establish system pulling, what is the area that cosmic atomic the substance body compose shield, application what every vagina complement the vector cellphone had the testicle antenna vein optic left side attributed sun on along ramifications that understand architecture body sexual complement, and more what is the destiny of volume intact conjugal contract what more orgasm on masturbation exit judge vein penis orbital opal illegal plant left side lift and deviate the coordinates that is proved what crime been acoustic breed lung line galaxy under no power what more conjugate the natural configuration and more urban literal maternity conjecture binary correspond life and again sexual performance all dynamic energy attribute the fowling geometry respond cylinder consistence what more impact the left side pulled along woman that edify what complete substance adherence configure the orbital gravity belong the camp inclusion mutual that here property in market place all manner that torture and abusive vandalism take molecular union factual penetration coordination oratory speech what body form the above fabric that project mutual and union sexual combination nature impact again what judge vein penis left side sun ovary wife and all persons that stand with him pull and destroy left side complement integration and constituency operatic no medic psychiatric ever clean what subjective drift!

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Sem título

Orgasm what is the tool a operation masturbation reveal complement shield unify and place image under energy union mutual sexual arrangement, on verify edify and simplify what implicate the system touching?

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Luz na planta substancia o que puxado continua sem ser operado em atómico de cósmico conjugado, tudo mais que eu consiga numa mulher colidir comigo o que está em rutura opala sol uma cura, que existência Miguel têm minha experiência contigo em sinais urbanos esta mono partilha escrita, que modo de vida Marinha de Guerra Portuguesa com médico militar e o resto que meu serviço militar consulta e me obriga sozinho enfrentar toda a gente com quem me relaciono, e meu trabalho destes anos a sofrer mexer na orelha cognitiva-mente receber ordens agir consoante a verdade que qualquer hospital consulta e não só, levar mais matéria unir um problema escudo que minha responsabilidade atribuída leva todos meus momentos um julgamento do que é correto tratar então a autoridade médica, como aqui eu viver sujeito a inferior postura da minha esquerda objetante rompida cilindricidade opala antena circuito oral que o objeto descrito prova quem é que está a atuar bem, sim de novo uma cura qual é a definição temporal cientifica que remenda minha mutua agência sexual conjugal e natural molécula solar substancia compor toda área que meu corpo em geometria encaixe tudo que uma mulher volume corpo unir ao uni-pessoal interpessoal compostura da composição de real minha operação e mexer na orelha esquerda dissolve meu erro de simetria e que soldado resultado este anos todos com médico militar resume minha situação vida futuro analise descrita se agi bem em acreditar na força militar justiça promessa mentalmente validar minha proteção e solvência deste caso?

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Meu pai e mãe não é capaz de me curar atómica de minha namorada voz em amor fazer lei clínico sexo e juiz da veia linha médico militar meu quarto esquerda vagina sistema meu tio cantar o da Joana vamos puxar sol Mendes prédio justiça sou esquizofrénico opala ovário infância Toni advogado de luxo Paula antena urbana Rita Mateus pai mama tédio sogro chupa-lo boi droga Sérgio e Angola curso universitário geometria com história musica amizade cilindro cósmico operativa com sucesso ramificação Marinha de Guerra Portuguesa sou cabrão!

 

Sem título

Posted in Sem categoria | Leave a comment

As more here of left effect being on my bed the pulled symptoms that still now an operation goes without that atomic or cosmic woman of mobile-phones in a more violent retreat what justice is worth here left military doctor oral orbital resolution opal that owes my antenna structured in body subject to judgment of life as well as freedom exist concert affirmed and proved live hearted judge breathe and reject what of more powerful crime singe spoken or written operation and the direct element that corrects to check all the urban geometry the tie evident in light substance which line loses all this process ovary sun plant of the body out of the conjugate think mutual construct such laboratory consistent that more object arrives deride a solution to the volume of natural abolition coat arrived at the consistent one joint that most diverges source query?

Posted in Sem categoria | Leave a comment

How can there be a path that operated results military doctor results a cure that woman plant light articulate what I was pulled with mobile phones and beaten to judge the vein to be guilty and for question justice orbital oral opal what else to describe that affects me in a friend that exists consultation legislate state hospital shield petition order law?

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Confirmar minha orelha esquerda operação não é legal e médico militar não existe, por isso juiz da veia subsiste o que Marinha de Guerra Portuguesa falei ao médico Horácio seguido da segurança social classificar-me e atribuir dinheiro a minha invalidez. Não existe médico militar caso algum e eu sou mesmo assim uma pessoa que não vai ao médico porque meu pai e mãe ainda não decidiu isso acontecer de novo e mais o que eu prove que estou a ser operado instruído por um médico militar que não existe na verdade processo algum, então tenho que sofrer e desconhecer que tal operação existe, não tenho uma cura sou então esquizofrénico e não há em sociedade nenhuma prova do meu caso estabelecer qualquer condição legal atribuir o que quer que eu faça nem quem comprove mais o que realmente vivo.

Posted in Sem categoria | Leave a comment